Domingo, 8 de Julho de 2007

PARTE 3 - DITOS

III
 
Norte de Portugal, que tão boa imagem trouxeste.
Pelo velho portão de ferro, observado pela torre, uma silhueta caminha… Capa rastejante, enfeitada com uma simples fitas, fitas cor do sangue.
Cidade que te preparou, cidade que te incentivou.
Coimbra acolheu-te com uma felicidade nos olhos, o Mondego vê-te partir com certa tristeza, mas com o dever cumprido.
Bem hajas.
publicado por Gilberto Vicente às 20:28

link do post | favorito

PARTE 2 - DITOS

II
Viagem afortunada à cidade dos mistérios;
O Mondego entoa alegria,
os pardais chilreiam ao sol;
Deambulando pela universidade,
caminhas de negro vestido,
com cores vermelhas a enfeitar.
Bonita estudante, por quem Coimbra se apaixonou.
publicado por Gilberto Vicente às 20:28

link do post | favorito

PARTE 1 - DITOS

I
Pardais do Choupal, palrando ao sabor de um toque musical, que nos traz este Mondego.
Coimbra dos encantos, Coimbra das desilusões.
Dito quadro que se alastra do mundo quotidiano, até ao velho portão, onde sobressai uma torre coberta de recordações.
Bendita sejas universidade por acolheres tão belo ser.
        
publicado por Gilberto Vicente às 20:26

link do post | favorito

“A minha biblioteca é apenas um local onde se consultam livros, perfeitamente isolada das restantes

Meu nome é Gilberto Vicente, há quem me chame somente Gil, ou então Gilinho, já houve quem nomeasse Becas, Embaixador, etc.
Nasci em Coimbra, amante do calor, tive que me habituar ao clima deste Nordeste de Portugal. Agora sou habitante do Jardim Zoológico de Carrazedo de Montenegro. À semelhança dos Homens, aqui também se fala de futebol, política, agricultura e vê-se televisão. O viajante mais distraído, pode dar por si, de repente, a sentir que saiu da Terra e entrou em Marte, tal a forma engraçada de alguns destes habitantes. O tempo faz-nos habituar a este planeta onde até os “ETêzinhos” já são engraçados.
Alguns anos a esta parte, tenho vindo a guardar memorandos escritos sobre a minha passagem por uma espécie de existência antes de iniciar a minha própria vida.
Decidi que alguns destes escritos merecem fazer parte do meu mobiliário. Assim da caneta e dos bocados de folhas, transformei-os em registo de informático (modernices).

 

publicado por Gilberto Vicente às 20:24

link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. PARTE 18 - SONHOS

. PARTE 17 - SONHOS

. PARTE 16 - SONHOS

. PARTE 15 - SONHOS

. PARTE 14 - SONHOS

. PARTE 13 - SONHOS

. PARTE 12 - SONHOS

. PARTE 11 - SONHOS

. PARTE 10 - SONHOS

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds